ROTARACT INFORMA: NOVEMBRO AZUL

Postado em: 08 de Novembro de 2018 por Rotaract Club de Palmitos

Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada anualmente por diversas entidades no mês de novembro. Ela é dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O movimento surgiu na Austrália, em 2003, chamado “Movember”. Já no Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque.

O câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre homens brasileiros, ficando atrás apenas do câncer de pele. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), são estimados mais de 61 mil novos casos da doença e quase 14 mil mortes por ano. Ainda assim, o índice de sobrevida desse tipo de câncer chega a 96% se diagnosticado precocemente.

Conhecer os fatores de risco para o câncer de próstata contribui muito para evitar negligência ou alarmismo. Entre esses fatores, está a idade. A maioria dos casos acontece por volta dos 65 anos, mas a investigação diagnóstica deve acontecer entre 50 e 75 anos. Quando há parentes diretos que já enfrentaram a doença, é recomendado iniciar os exames anuais mais cedo, a partir dos 40 anos.

            Se no exame, que inicialmente é realizado através de uma amostra de sangue, for detectada alteração importante no nível de PSA (antígeno prostático específico), o médico irá solicitar novos exames de imagem para eventualmente diagnosticar o câncer de próstata em sua fase inicial. O PSA é uma proteína encontrada em grandes quantidades no sêmen e em pequena quantidade no sangue, mas é o suficiente para indicar quando há risco. Pode acontecer de o nível de PSA estar alto por conta de alguma inflamação ou infecção, ou ainda pelo aumento benigno da glândula prostática. Caso isso ocorra, a partir de então, o médico deverá fazer o toque retal.

Quando o toque retal e o nível de PSA apontam para o câncer de próstata, outros exames costumam ser indicados para chegar a um diagnóstico preciso, como o ultrassom transretal e a biópsia, pois essa é uma forma de saber certo a localização exata do tumor, bem como se ele se espalhou ou não pela próstata.

Alguns sintomas da doença são sentir dificuldade ou dor ao urinar, urgência em urinar (principalmente à noite), urinar em pouca quantidade e mais vezes, verificar a presença de sangue na urina, e sentir dor persistente nas costas ou nos quadris. Em alguns casos, o câncer de próstata atinge a outros órgãos e pode ter dor nos ossos, fraqueza generalizada, perda de peso sem motivo aparente, anemia e falência renal.

Por se tratar de uma doença com ótimo prognóstico quando diagnosticada e tratada logo no início, é importante que os homens levem a sério os exames preventivos, principalmente assim que atingem a meia-idade.

Localizar site dos clubes